Imagem pessoal nos tempos de teletrabalho

Uma mudança e tanto aconteceu na moda em 2020, as roupas de escritório foram substituídas pelas ‘’loungwwear’’- as famosas roupas confortáveis. Uma grande plataforma de moda, (WGSN) já havia dado sinais de mudança de consumo e de tendências.  

Apresentando uma moda mais sustentável e prática, o home office acelerou a escolha das roupas confortáveis em março de 2020. A busca pelo conforto e praticidade, apresentaram uma tendência de tecidos leves e confortáveis e uma cartela de cores neutras e suaves.

Imagem pessoal nos tempos de teletrabalho
Mulher de pele negra trabalhando no home office.

Várias marcas se reinventaram para atender a uma nova experiência de consumo, como (Chanel, DOLCE & Gabbana).  Algumas peças foram reinventadas dentro do próprio guarda-roupa, dentro da moda chamamos este conceito de –upcycling.

Moletons, deixaram de ser apenas peças esportes e junto com acessórios fizeram uma composição mais ousada para a aparição nas telas virtuais. Mangas bufantes, tie-dye, vestidos soltos, camisas largas e várias outras propostas para a moda ‘’da cintura pra cima’’.

O mais importante neste momento é buscar por uma peça que te represente e fazer combinações interessantes. Os vestidos soltos fazem a combinação perfeita do sofá/reunião, experimente uma maquiagem leve e um toque de cor nas combinações, busque por peças que fazem conexão entre a sua aparência e essência.  

Se as peças de alfaiataria fazem parte da sua rotina, se jogue nas combinações, afinal moda é movimento!

Esse texto é de autoria da nossa docente Alessandra Terzi, que é pedagoga e profissional especialista em Imagem e Estratégia Empresarial.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •