Inglês: diferencial ou pré-requisito?

Como não falar inglês em um mundo cada vez mais conectado, com influência internacional crescente, oportunidades frequentes de realizar negócios com outros países e um mercado de trabalho extremamente competitivo? Há muito tempo se fala no aprendizado do idioma como um diferencial, mas essa já não é mais a realidade, segundo o gerente de Produtos do Senac em Minas, Tiago Carvalho. “Atualmente, um profissional que possui conhecimento do idioma inglês está, na verdade, adequado à demanda do mercado. Essa é uma habilidade imprescindível para concorrer à grande maioria das vagas de emprego”, ressalta.

A fluência na língua inglesa também assume um papel primordial não só no turismo, mas também na vida acadêmica. Entenda por que o idioma é tão importante e, se você ainda não adquiriu esse conhecimento ou precisa se aperfeiçoar, é hora de correr atrás do prejuízo.

Mundo profissional

As oportunidades de emprego estão cada vez mais concorridas e, em muitos casos, o nível de inglês do candidato pode ser um fator eliminatório. Na empresa Espaço Crescerh, por exemplo, uma vaga para Assessor de Comunicação Estratégica em Belo Horizonte, divulgada há cerca de seis meses, até o momento não foi preenchida. “Nosso desafio tem sido encontrar um profissional que possua tanto os conhecimentos técnicos relacionados à Comunicação quanto um nível avançado do idioma, que é um pré-requisito para o cargo”, explica o sócio-proprietário, Rodrigo Sávio, que também atua como professor no MBA Senac.

Além disso, o inglês é essencial para as organizações que desejam fazer negócios com outros países. “Uma empresa pode prestar serviços fora ou comprar produtos de qualquer lugar do mundo. Até mesmo em situações aparentemente simples, como atender uma ligação internacional ou receber um estrangeiro, a fluência na língua faz a diferença”, diz Tiago Carvalho.

Inglês nos negócios. Descrição da imagem: empresários de várias nacionalidades em uma reunião de negócios.

Progressão acadêmica

Você já parou para observar que o número de escolas bilíngues tem aumentado cada vez mais no Brasil? Essa é uma das mudanças que refletem a crescente importância da língua mais falada do planeta. As instituições e os pais têm se preocupado cada vez mais cedo com uma alfabetização em inglês. Em mestrados e doutorados, a leitura e a escrita de artigos em inglês também já fazem parte da realidade dos alunos. Segundo Tiago, dominar o idioma é imprescindível para quem deseja uma progressão acadêmica.

Para os interessados em uma carreira internacional, a dica é a mesma. “Uma carreira profissional internacional é praticamente inviável sem o domínio do inglês”, diz Semida Silveira, autora do livro “Pelo mundo afora”, que traz recomendações para jovens que se preparam para enfrentar o mundo em um contexto universitário fora do Brasil, seja como estudantes ou pesquisadores. “O conhecimento do inglês é precondição para a internacionalização. Se não tiver domínio do idioma, deve trabalhar para melhorá-lo continuamente. Não importa ter sotaque: o importante é atingir um bom nível de comunicabilidade e a capacidade de trabalhar profissionalmente usando a língua inglesa”, destaca Semida, que atua como professora no KTH Royal Institute of Technology, em Estocolmo, na Suécia.

Inglês na escola. Meninos rindo na sala de aula com livros.

Do you speak English?

Em alguns pontos turísticos, como os parques da Disney, nos Estados Unidos, costuma-se encontrar muitos brasileiros a trabalho, que acabam “socorrendo” os visitantes que precisam de uma ajuda para se comunicar. Mas nem sempre é assim. Para ter uma experiência mais proveitosa ao viajar para fora do país, o inglês é fundamental. Saber pedir um prato em um restaurante, solicitar direções na rua, tirar dúvidas em estabelecimentos diversos, ouvir avisos importantes em um transporte público e até conversar com os nativos são apenas algumas das situações que um turista pode vivenciar. “Se você falar o inglês, em algum momento será compreendido. Alguns países são mais fechados ao idioma, mas no final das contas, sempre se encontra alguém que será capaz de conversar com você em inglês”, conta Tiago.

Vote na enquete:

Conheça os cursos de Inglês do Senac em Minas com matrículas abertas:

Curvelo
Inglês Básico 1

Poços de Caldas
Inglês Básico 1
Inglês Básico 2

Inglês Intermediário: Registre seu interesse

Posts Relacionados

Compartilhe:
  • 19
  •  
  •  
  •  
  •